sábado, 25 de dezembro de 2010

Natal adiado

Mesmo adiado o meu País merece os votos de um Natal Feliz, porque o Natal pertence às pessoas e não aos mandões.
Mesmo que eles não queiram as árvores sempre hão-de trazer os frutos pendurados nos ramos.
Mesmo que eles não queiram o Natal sempre povoará o nosso imaginário.
E eles ñunca conseguirão matar a vontade de futuro.
Feliz Natal, meu país adiado.

1 comentário:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Tenho certeza de que o Natal no seu Portugal foi lindo, pelo menos para quem acredita e gosta.
Meu amigo, sou eu quem agradece a companhia e a partilha ao longo deste 2010. Feliz 2011.
Beijos,
Renata