quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

A LUA DO MEU PAÍS

Não sei porque se esconde a lua nas noites de lua cheia.
Será por medo ou vergonha da terra que prateia?
Será porque as nuvens do futuro a matam em sua prata?
Será  que o seu reflexo de sol é apenas a tristeza que nos mata?

Ó lua  do meu país, sai das nuvens e brilha no céu do nosso desespero!
O lua cheia de promessas, faz soprar uma nova maré
e leva o Manel, a Silva do Zé ou outro que venha apenas por ver.

Meiga Lua da nossa tristeza traz em teu rosto a esperança da Nação Portuguesa.
Meiga lua do mosso fado mal fadado
Ajuda  o meu Portugal a não ser, outra vez, adiado!

3 comentários:

Lívia Inácio disse...

Que bonito,gente!

Pérola disse...

Oi meu amigo,me perdoe pela demora mas eu estava viajando.
Como vc está?
Seu país esta igual ao meu, ñ é a toa que são Pátrias irmãs vc concorda?
Beijokas milllll.

Pérola disse...

Vim te deixar um beijo meu querido.